Baixe Grratuitamente!

Espere, temos um presente para você!

Disponibilizamos o download gratuito
do ebook Computação em Nuvem.

Baixe Aqui!

Atendimento de seg a sex das 09h às 21h
--> --> --> -->

CRÉDITO UNIVERSITÁRIO
PRAVALER

Financie seus estudos
e pague sem juros.

Saiba Mais
Pra Valer


Centro de Treinamento

Programação com PL/SQL (44h)

inscreva-se

saiba-mais

OBJETIVOS DO CURSO:

Apresentar os fundamentos de PL/SQL e as vantagens dessa avançada linguagem de programação. O aluno aprenderá a criar blocos PL/SQL no código da aplicação, os quais podem ser compartilhados por vários forms, relatórios e aplicações de gerenciamento de dados. Aprenderá também a criar blocos PL/SQL anônimos e conhecerá funções e procedures armazenadas. Além disso, verá como declarar variáveis, interceptar exceções e declarar e controlar cursores. Será ensinado como desenvolver, executar e gerenciar unidades de programa PL\SQL armazenadas, como procedures, funções, packages e triggers de banco de dados. O aluno aprenderá a gerenciar dependências de objetos e recompilação de objetos inválidos. Este curso também descreve as características e os métodos de manipulação de LOBs (Large Objects), além das formas de utilização de alguns dos packages fornecidos pelo Oracle.

Pré-requisito Obrigatório: Fundamentos de SQL I

Após este módulo, o aluno será capaz de:

Após este módulo, o aluno será capaz de:

  • Criar códigos PL/SQL para estabelecer interface com o banco de dados
  • Desenvolver unidades de programa PL/SQL executadas de forma eficiente
  • Usar estruturas de programação PL/SQL e instruções de controle condicional
  • Tratar erros de runtime
  • Descrever funções e procedures armazenados
  • Criar instruções SQL dinâmicas a fim de obter maior flexibilidade de codificação
  • Desenvolver código PL/SQL para tipos de dados predefinidos, subprogramas locais, programas adicionais, exceções e constantes padronizadas
  • Usar a infra-estrutura de advertências do compilador
  • Manipular LOBs (Large Objects)
  • Criar triggers para resolver desafios de negócios
  • Gerenciar dependências entre subprogramas PL/SQL
  • Programar jobs PL/SQL para serem executados de forma independente
  • Criar funções e procedures armazenados
  • Desenvolver packages PL/SQL para agrupar e conter estruturas relacionadas
  • Criar subprogramas para packages com overloading a fim de obter maior flexibilidade
  • Categorizar os packages PL/SQL fornecidos pelo Oracle

Tópicos do curso

Tópicos do curso

  • O que é PL/SQL
  • Ambiente PL/SQL
  • Vantagens do código PL/SQL
  • Visão geral dos tipos de blocos PL/SQL
  • Criando e executando um bloco anônimo simples
  • Gerando saída a partir de um bloco PL/SQL
  • iSQL*Plus como ambiente de programação PL/SQL
  • Fazendo a distinção entre os diferentes tipos de identificadores em um subprograma PL/SQL
  • Usando a seção declarativa para definir identificadores
  • Listando os usos de variáveis
  • Armazenando dados em variáveis
  • Declarando variáveis PL/SQL
  • Descrevendo diretrizes básicas de sintaxe de bloco
  • Usando literais em códigos PL/SQL
  • Personalizando designações de identificador com funções SQL
  • Usando blocos aninhados como instruções
  • Fazendo referência a um valor de identificador em um bloco aninhado
  • Qualificando um identificador com um label
  • Usando operadores em códigos PL/SQL
  • Usando as diretrizes e a sintaxe de bloco PL/SQL adequadas
  • Identificando as instruções SQL que podem ser usadas em códigos PL/SQL
  • Incluindo instruções SELECT em códigos PL/SQL
  • Recuperando dados em códigos PL/SQL com a instrução SELECT
  • Usando convenções de nomeação para evitar erros ao criar instruções DML e realizar operações de recuperação
  • Manipulando dados no servidor com códigos PL/SQL
  • O conceito de cursor SQL
  • Usando atributos do cursor SQL para obter feedback de códigos DML
  • Salvando e descartando transações
  • Controlando o fluxo de execução de códigos PL/SQL
  • Processamento condicional com instruções IF
  • Processamento condicional com instruções CASE
  • Tratando valores nulos para evitar erros comuns
  • Criando condições booleanas com operadores lógicos
  • Usando controle iterativo com instruções em loop
  • Trabalhando com Tipos de Dados Compostos
  • Conhecendo os tipos de dados compostos de tabelas e registros PL/SQL
  • Usando registros PL/SQL para armazenar valores de diferentes tipos
  • Inserindo e atualizando com registros PL/SQL
  • Usando tabelas INDEX BY para armazenar valores do mesmo tipo de dados
  • Loops FOR de cursor usando subconsultas
  • Aumentando a flexibilidade de cursores com parâmetros
  • Usando a cláusula FOR UPDATE para bloquear linhas
  • Usando a cláusula WHERE CURRENT para fazer referência à linha atual
  • Usando cursores explícitos para processar linhas
  • Atributos de cursores explícitos
  • Cursores e registros
  • Tratando exceções com PL/SQL
  • Exceções predefinidas
  • Interceptando erros não predefinidos do Oracle Server
  • Funções que retornam informações sobre as exceções encontradas
  • Detectando exceções definidas pelo usuário
  • Propagando exceções
  • Usando o procedure RAISE_APPLICATION_ERROR para reportar erros em aplicações
  • Descrevendo a estrutura de blocos usada em procedures PL/SQL armazenados
  • Chamando funções/procedures armazenados a partir de diferentes ferramentas
  • Chamando um procedure armazenado com variáveis de host a partir de Java, C, iSQL*Plus, Forms etc.
  • Chamando um procedure armazenado a partir de um bloco anônimo ou de outro procedure armazenado
  • Listando a sintaxe CREATE OR REPLACE PROCEDURE
  • Identificando as etapas de desenvolvimento para a criação de um procedure armazenado
  • Usando o comando SHOW ERRORS
  • Verificando o código-fonte na view de dicionário USER_SOURCE
  • Descrevendo funções armazenadas
  • Listando a sintaxe CREATE OR REPLACE FUNCTION
  • Identificando as etapas para criar uma função armazenada
  • Executando uma função armazenada
  • Identificando as vantagens de utilizar funções armazenadas em instruções SQL
  • Identificando as restrições para chamar funções a partir de instruções SQL
  • Removendo uma função
  • Listando as vantagens dos packages
  • Descrevendo packages
  • Mostrando os componentes de um package.
  • Mostrando as estruturas que formam um package
  • Desenvolvendo um package
  • Criando a especificação do package
  • Declarando estruturas públicas
  • Criando o package body
  • Listando as vantagens do recurso de overloading
  • Mostrando um exemplo de overloading
  • Usando declarações Forward em packages
  • Criando um procedure que será usado uma única vez (inicialização do código do package)
  • Listando as restrições para funções de packages usadas em códigos SQL
  • Encapsulando código em uma demonstração de package
  • Chamando funções de packages definidas pelo usuário em uma instrução SQL
  • Utilizando o estado persistente de variáveis de package
  • Listando os diversos usos dos packages fornecidos pelo Oracle
  • Reutilizando o código incluído no package para concluir diversas tarefas do desenvolvedor e do DBA.
  • Usando o comando DESCRIBE para verificar especificações de package e ocorrências de overloading
  • Explicando como funciona o package DBMS_OUTPUT (em conjunto com SET SERVEROUPUT ON)
  • Interagindo com arquivos do sistema operacional usando o package UTL_MAIL
  • Descrevendo o processamento de arquivos com o package UTL_FILE
  • Verificando exceções e rotinas do package UTL_FILE
  • Usando o package UTL_FILE para gerar um relatório em um arquivo
  • Descrevendo o uso do código SQL dinâmico nativo
  • Descrevendo o fluxo de execução de instruções SQL
  • Mostrando a sintaxe da instrução EXECUTE IMMEDIATE para código SQL dinâmico nativo
  • Criando um procedure para gerar código SQL dinâmico nativo usando a instrução EXECUTE IMMEDIATE para deletar linhas de uma tabela
  • Descrevendo o package DBMS_SQL
  • Fornecendo um exemplo de DBMS_SQL
  • Listando as vantagens da utilização do código SQL dinâmico nativo em vez do package DBMS_SQL
  • Padronizando constantes com um package de constantes
  • Padronizando exceções com um package de tratamento de exceções
  • Apresentando subprogramas locais
  • Usando subprogramas locais
  • Rastreando erros de runtime com um package de exceções
  • Descrevendo a hint de compilador NOCOPY
  • Usando a hint de compilador NOCOPY
  • Explicando os efeitos da hint NOCOPY
  • Definindo objetos dependentes e referenciados
  • Diagramando dependências com código, views, procedures e tabelas
  • Gerenciando dependências locais entre um procedure, uma view e uma tabela
  • Analisando um cenário de dependências locais
  • Exibindo dependências diretas com a view USER_DEPENDENCIES
  • Executando o script UTL_DTREE.SQL para criar objetos que permitem verificar dependências diretas e indiretas
  • Prevendo os efeitos de alterações em objetos dependentes
  • Descrevendo um objeto LOB
  • Diagramando os componentes de um LOB
  • Gerenciando e listando as características de LOBs internos
  • Descrevendo, gerenciando e protegendo BFILES
  • Criando e usando o objeto DIRECTORY para acessar e usar BFILES
  • Preparando BFILEs para uso
  • Usando a função BFILENAME para carregar BFILEs
  • Descrevendo o package DBMS_LOB
  • Descrevendo os diversos tipos de triggers e as formas de executá-los
  • Listando as vantagens dos triggers de banco de dados e as diretrizes para sua utilização
  • Utilizando um exemplo de trigger de banco de dados básico para mostrar como os triggers são executados
  • Criando triggers DML, mostrando sua sintaxe e listando seus componentes
  • Explicando a seqüência de acionamento de triggers
  • Criando uma instrução DML e triggers em nível de linha
  • Usando os qualificadores OLD e NEW para fazer referência a valores de colunas
  • Usando predicados condicionais com triggers
  • Criando triggers para os seguintes eventos DDL: CREATE, ALTER e DROP
  • Criando triggers para os seguintes eventos de sistema: SERVERERROR, STARTUP, SHUTDOWN, LOGON e LOGOFF
  • Definindo uma tabela mutante
  • Descrevendo cenários de aplicações de negócios para implementar triggers
  • Descrevendo os privilégios necessários para gerenciar triggers
  • Listando as características da compilação nativa
  • Descrevendo as características do compilador PL/SQL no Oracle Database 10g
  • Identificando os três parâmetros usados para influenciar a compilação (PLSQL_CODE_TYPE, PLSQL_DEBUG, PLSQL_OPTIMIZE_LEVEL)
  • Mostrando como definir os parâmetros
  • Descrevendo a view de dicionário usada para ver a compilação do código (USER_PLSQL_OBJECTS)
  • Alterando as definições de parâmetros, recompilando o código e verificando os resultados
  • Descrevendo a infraestrutura de advertências do compilador no Oracle Database 10g
  • Listando as etapas a serem seguidas para definir os níveis de advertência do compilador

Mais informações

Unidade Paulista: Av. Paulista, 302 - em frente ao metrô Brigadeiro
Copyright IBTA - Todos direitos reservados.

Atendimento ao aluno:
(11) 4501.9700

Atendimento ao candidato:
(11)4118.1041